EDUCAÇÃO FINANCEIRA 

 Educação Financeira é a capacidade de gerir recursos ativos e passivos, necessários para indivíduos, lares ou negócios. 

 COMO DESENVOLVER A EDUCAÇÃO FINANCEIRA? 
Carta Financeira

 A educação financeira é um conhecimento fundamental para todo ser humano, afinal, precisamos do capital para suprir boa parte de nossas necessidades e desejos. O processo de educação financeira tem como base a análise de custos e renda. Para uma boa saúde financeira, a renda deve ser sempre superior aos custos. 

 DICAS IMPORTANTES DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA: 
Um gráfico

CONTROLE AS FINANÇAS

Realize o controle de todas as entradas e saídas. Saber detalhadamente o quanto gasta todo mês potencializa a capacidade de controle de custos desnecessários. Consequentemente você terá uma maior economia e possibilidade de compra de ativos. Existem aplicativos como Minhas Economias e Minhas Finanças, que facilitam todo o controle financeiro de forma prática.

Gráfico dois

DEFINA OBJETIVOS E METAS

Definir objetivos e metas de forma clara e objetiva é um fator comum em pessoas e negócios de sucesso. Sem objetivos, as pessoas tendem a ficarem perdidas, sem foco e desistem facilmente das coisas. Defina seus objetivos de longo prazo, e para facilitar, defina metas mensais que contribuirão em atingir os objetivos definidos.

Gráfico três

CONSTRUA UMA RESERVA FINANCEIRA

É importante construir uma reserva financeira. Ela é composta por seis a doze meses do seu custo de vida mensal. Serve para qualquer suporte a imprevistos. A sua reserva financeira deve ser guardada em uma aplicação de liquidez imediata. Dessa forma, o seu dinheiro estará disponível imediatamente quando precisar. Você pode colocar a sua reserva financeira em Tesouros Selic, Contas Digitais ou Bancos Digitais com remuneração vinculada ao CDI (Certificado de Depósito Interbancário), Fundos de Renda Fixa com alta liquidez D+0 (resgate no mesmo dia) ou D+1 (resgate no dia seguinte à solicitação) ou até mesmo os LCI e LCA, que são boas opções complementares, lembrando que eles possuem um prazo mínimo de resgate de 90 dias.

Gráfico quatro

SEPARE PESSOA FÍSICA DE PESSOA JURÍDICA

Misturar as contas pessoais com as contas da empresa é um dos principais fatores que levam um negócio e até mesmo pessoas à falência. Tenha os controles pessoais separados do controles do negócio.

 MAIS CONTEÚDOS SOBRE EDUCAÇÃO FINANCEIRA 
Carta Financeira

> Mentalidade Financeira (em breve)
 

> Ativos e Passivos (em breve)